Visual Capitalist

Portugal subiu 11 lugares no ranking da felicidade (está na 66ª posição) – idealista.pt/news

Quão felizes são os portugueses? Nem muito nem pouco, mas mais que antes. Portugal aparece a meio da tabela do Relatório Mundial de Felicidade das Nações Unidas, divulgado esta quarta-feira (20 de março de 2019) e que analisa o bem-estar de 156 países. Portugal conseguiu subir 11 lugares no ranking, fixando-se na 66ª posição.

Os portugueses estão mais felizes, segundo o World Happiness Report 2019 da ONU. O estudo analisou 7 fatores, nomeadamente a riqueza do país, os apoios sociais, a expectativa de uma vida saudável, a liberdade para fazer escolhas, a generosidade e perceção de corrupção. O país conseguiu subir em quase todos, em particular no critério que mede a expectativa de uma vida saudável – foi aqui que Portugal conseguiu o ranking mais elevando, alcançando o 22º lugar.

Portugal regista o pior desempenho na perceção de corrupção e no índice de generosidade. O país aparece no 135º lugar e no 122º lugar do ranking, respetivamente.

Finlandeses são os mais felizes do mundo

A Finlândia continua, à semelhança do ano passado, no primeiro lugar do ranking. Partilha o pódio com outros países nórdicos, nomeadamente a Dinamarca (2º lugar) e a Noruega (3º lugar), que este ano trocaram de posições. Seguem-se depois Islândia, Holanda, Suíça e Suécia.

A Europa domina os 7 primeiros lugares, reservando os três últimos do Top 10 para Nova Zelândia, Canadá e Áustria.

O país mais infeliz do mundo é o Sudão do Sul, seguido da República Africana Central, Afeganistão, Tanzânia e Ruanda.