Visual Capitalist

Casais desesperados por comprar casa na China fingem divórcios – idealista.pt/news

Desesperados por comprar casa, e sem poder fazê-lo devido às restrições locais em vigor, há cada vez mais casais chineses a tentar contornar a inibição legal, através de uma burla em que fingem o divórcio e assim conseguem adquirir um imóvel. Mas uma família excedeu-se, realizando 23 divórcios e casamentos no espaço de um mês, e acabou sendo apanhada pelas autoridades.

A Bloomberg, que notícia este caso citando a imprensa local, dá a conhecer que no âmbito deste esquema montado por uma família em Lishui, foram detidas 11 pessoas, frisando a agência de notícias internacional que, nesta cidade, os preços das casas subiram 31% nos últimos dois anos, segundo o provedor de dados Fangjia.com.

A burla em causa tinha como objetivo obter uma maior compensação pela demolição da sua propriedade para um novo imóvel. De acordo com o sistema, cada membro da família teria direito a 40 metros quadrados de espaço no novo empreendimento.

Tudo começou com Pan, que morava na casa e se casou novamente com a ex-esposa, permitindo que ela se qualificasse para o plano de compensação, noticiou o jornal estatal da cidade. Duas semanas depois, ele se divorciou dela e se casou com a cunhada, que foi incluída no plano.