Manchetes JP

Botões de freio de emergência são instalados em mais ônibus na região Tokai – Portal Mie

Motorista de ônibus em Ise, Mie (ilustrativa/bano de imagens PM)

Mais ônibus na região Tokai estão equipados com dispositivos de segurança que permitem aos passageiros pararem o veículo em emergências, como quando o motorista passar mal.

A medida realizada por empresas de ônibus ocorre em resposta a vários acidentes na região causados motoristas com problemas de saúde.

No fim de setembro a Meitetsu Bus, operadora de ônibus com sede em Nagoia (Aichi), começou a instalar os dispositivos, chamados de sistema de parada de direção de emergência, em seus ônibus que circulam dentro da cidade.

Os novos ônibus da empresa têm um botão de freio de emergência no assento do motorista e, para os passageiros, um outro botão em um no corrimão atrás do banco.

Quando qualquer um dos botões é acionado, sons de alarme e um anúncio dizendo “Atenção. Faremos uma parada de emergência”, é feito alternadamente em japonês e inglês.

Cerca de 3 segundos depois, os freios são aplicados enquanto a buzina continua soando. O motor desliga após o ônibus parar.

A distância de freagem depende da condição da estrada, mas um ônibus viajando a uma velocidade de 40Km/h vai seguir cerca de 50 metros após o botão ser acionado antes de parar.

Uma mensagem em japonês dizendo, “Emergência. Por favor reporte à polícia”, aparece em visores que normalmente mostram o destino do ônibus na frente, atrás e na lateral, para alertar motoristas e outras pessoas no lado de fora.

O sistema pode ser desativado sem um engraçadinho o acionar.

O governo elaborou uma diretriz em 2016 e forneceu subsídios para promover o uso mais amplo dos dispositivos.

De acordo com o Ministério dos Transportes, 162 acidentes foram causados por problemas de saúde dos motoristas de ônibus em 2017 no Japão, com 76, ou cerca de metade, ocorrendo nas províncias de Mie, Aichi, Gifu, Shizuoka e Fukui sob a jurisdição do Departamento de Transportes do Distrito de Chubu do ministério.

Dois dos acidentes resultaram em morte e lesão.

A Meitetsu Bus começou a usar os dispositivos em 28 de setembro em seus ônibus principais para a rota popular Honjigahara na central Nagoia. A empresa planeja promover medidas de segurança e introduzir um total de 40 dispositivos até o fim deste ano fiscal.

“Devido a uma escassez de motoristas de ônibus, é provável que tenhamos mais motorista de idade no futuro”, disse Takayuki Ban, chefe do departamento da promoção de projeto na empresa. “Queremos garantir a segurança dos passageiros ao realizar o investimento inicial nos ônibus”.

Na província de Gifu, a Kitaena Kotsu do Grupo Meitetsu começou a usar os dispositivos em todos os seus ônibus que circulam na cidade de Nakatsugawa em meados de setembro. A Mie Kotsu, com sede em Tsu, também instalou os dispositivos em alguns de seus ônibus em outubro.

Veja como funciona:

[embedded content]

Fonte: Asahi